Casos de COVID-19
  • USA 25,390,042
    USA
    Confirmados: 25,390,042
    Ativos: 9,743,146
    Recuperados: 15,222,719
    Óbitos: 424,177
  • India 10,640,544
    India
    Confirmados: 10,640,544
    Ativos: 187,260
    Recuperados: 10,300,063
    Óbitos: 153,221
  • Brazil 8,755,133
    Brazil
    Confirmados: 8,755,133
    Ativos: 945,063
    Recuperados: 7,594,771
    Óbitos: 215,299
  • UK 3,583,907
    UK
    Confirmados: 3,583,907
    Ativos: 1,887,304
    Recuperados: 1,600,622
    Óbitos: 95,981
  • France 3,011,257
    France
    Confirmados: 3,011,257
    Ativos: 2,722,788
    Recuperados: 215,822
    Óbitos: 72,647
  • Spain 2,603,472
    Spain
    Confirmados: 2,603,472
    Ativos: 2,548,031
    Recuperados: ?
    Óbitos: 55,441
  • Italy 2,441,854
    Italy
    Confirmados: 2,441,854
    Ativos: 502,053
    Recuperados: 1,855,127
    Óbitos: 84,674
  • Argentina 1,853,830
    Argentina
    Confirmados: 1,853,830
    Ativos: 170,429
    Recuperados: 1,636,826
    Óbitos: 46,575
  • Peru 1,088,096
    Peru
    Confirmados: 1,088,096
    Ativos: 46,153
    Recuperados: 1,002,516
    Óbitos: 39,427
  • Chile 690,066
    Chile
    Confirmados: 690,066
    Ativos: 27,245
    Recuperados: 645,035
    Óbitos: 17,786
  • Paraguay 126,370
    Paraguay
    Confirmados: 126,370
    Ativos: 22,186
    Recuperados: 101,599
    Óbitos: 2,585
  • China 88,911
    China
    Confirmados: 88,911
    Ativos: 1,750
    Recuperados: 82,526
    Óbitos: 4,635
  • Uruguay 36,170
    Uruguay
    Confirmados: 36,170
    Ativos: 8,091
    Recuperados: 27,715
    Óbitos: 364
Não à Fake News

Coronavírus veio dos animais – É FAKE NEWS

Não compartilhe essa mensagem, ela é falsa!

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) não existe nenhuma comprovação científica de que o novo coronavírus veio dos animais. As investigações sobre as formas de transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por contato, está ocorrendo.

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • gotículas de saliva;
  • espirro;
  • tosse;
  • catarro;
  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe e, portanto, indicam menor de grande circulação mundial.

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lave as mãos com frequência, com água e sabão. Ou então higienize com álcool em gel 70%.
  • Cubra seu nariz e boca com lenço ou COM O BRAÇO (e não com as mãos!) quando tossir ou espirrar.
  • Evite contato próximo com pessoas resfriadas ou que estejam com sintomas parecidos com os da gripe.
  • Quando estiver doente, fique em casa.
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal (como talheres, toalhas, pratos e copos).
  • Evite aglomerações e mantenha os ambientes ventilados.

Para saber mais, acesse: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus.

Fonte: Ministério da Saúde