Casos de COVID-19
  • USA 43,668,680
    USA
    Confirmados: 43,668,680
    Ativos: 9,850,394
    Recuperados: 33,112,993
    Óbitos: 705,293
  • India 33,624,419
    India
    Confirmados: 33,624,419
    Ativos: 301,410
    Recuperados: 32,876,319
    Óbitos: 446,690
  • Brazil 21,327,616
    Brazil
    Confirmados: 21,327,616
    Ativos: 407,510
    Recuperados: 20,326,408
    Óbitos: 593,698
  • UK 7,601,487
    UK
    Confirmados: 7,601,487
    Ativos: 1,334,367
    Recuperados: 6,131,137
    Óbitos: 135,983
  • France 6,983,601
    France
    Confirmados: 6,983,601
    Ativos: 157,559
    Recuperados: 6,709,622
    Óbitos: 116,420
  • Argentina 5,248,847
    Argentina
    Confirmados: 5,248,847
    Ativos: 26,107
    Recuperados: 5,107,912
    Óbitos: 114,828
  • Spain 4,946,601
    Spain
    Confirmados: 4,946,601
    Ativos: 152,205
    Recuperados: 4,708,167
    Óbitos: 86,229
  • Italy 4,653,696
    Italy
    Confirmados: 4,653,696
    Ativos: 103,556
    Recuperados: 4,419,537
    Óbitos: 130,603
  • Peru 2,171,374
    Peru
    Confirmados: 2,171,374
    Ativos: 1,972,192
    Recuperados: ?
    Óbitos: 199,182
  • Chile 1,650,238
    Chile
    Confirmados: 1,650,238
    Ativos: 6,867
    Recuperados: 1,605,948
    Óbitos: 37,423
  • Paraguay 459,779
    Paraguay
    Confirmados: 459,779
    Ativos: 1,125
    Recuperados: 442,512
    Óbitos: 16,142
  • Uruguay 388,313
    Uruguay
    Confirmados: 388,313
    Ativos: 1,473
    Recuperados: 380,789
    Óbitos: 6,051
  • China 95,986
    China
    Confirmados: 95,986
    Ativos: 1,020
    Recuperados: 90,330
    Óbitos: 4,636
Notícias

Nota de esclarecimento sobre pesquisas mencionadas em vídeo de humor

Um vídeo tem circulado nas redes sociais, no qual é mencionado que pesquisas realizadas na Fiocruz Bahia estudam os benefícios da moqueca, dendê e pirão. Reconhecemos o valor do humor e nos sentimos agraciados pela associação da instituição com iguarias que marcam a identidade cultural da Bahia e de sua população. No entanto, preocupados com uma eventual interpretação que gere desinformação, esclarecemos que precisamente estas não são pesquisas da natureza da Fiocruz Bahia.

No vídeo humorístico, é citada uma pesquisa, que estaria em fase dois, sobre a “eficácia do dendê em nosso sangue no combate ao vírus”. Também é citada a publicação de um artigo sobre a “influência do pirão na imunidade”. Não há, na instituição, qualquer pesquisa sobre os efeitos do dendê, da moqueca ou do pirão, no sangue, na imunidade e no combate a vírus.

A Fiocruz Bahia se consolidou e é reconhecida como uma instituição de excelência para a produção de ciência, desenvolvimento tecnológico e formação de recursos humanos na área de saúde. A unidade técnico-científica originou-se do Núcleo de Pesquisas da Bahia (NEP) que, em 1957, foi incorporado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Atualmente, o Instituto Gonçalo Moniz, também conhecido como Fiocruz Bahia, tem como foco principal o estudo de doenças infecciosas, parasitárias, genéticas, crônicas e degenerativas, avaliação de indicadores de saúde pública para a implementação de políticas, bem como abordagens translacionais, incluindo tópicos como inflamação, terapia celular, vacinas, vigilância molecular e análise de grandes bases de dados. O IGM possui dois programas de pós-graduação com conceito 6, pela Capes, sendo um deles em Ampla Associação com a Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Nas doenças parasitárias, as pesquisas incluem a leishmaniose, doença de Chagas e helmintíases. Abordagens epidemiológicas norteiam os estudos sobre doenças bacterianas, como leptospirose e tuberculose, e sobre doenças virais, como dengue, zika, chikungunya, hepatites, HIV, HTLV e HPV. No âmbito das doenças genéticas e crônicas, ressalta-se trabalhos em anemia falciforme, diabetes, câncer e terapias celulares.

No último ano, diversas ações para enfrentamento da pandemia da Covid-19 foram realizadas, tendo como foco o suporte ao SUS no estado da Bahia e no município de Salvador, como a implementação da plataforma de diagnóstico para o SARS-CoV-2; apoio científico de pesquisadores a instituições do estado e do município; iniciativa da Rede CoVida; participação no Tele Coronavírus – 155, além do desenvolvimento de inúmeras pesquisas na área.

Artigos publicados em periódicos científicos de relevância mostram a inserção da nossa pesquisa no estado, reafirmando o compromisso da Fiocruz Bahia em produzir, disseminar e compartilhar conhecimentos e promover a melhoria da qualidade de vida da população, com ética e transparência, marca presente nos 120 anos de história da Fundação Oswaldo Cruz.