Casos de COVID-19
  • USA 13,137,829
    USA
    Confirmados: 13,137,829
    Ativos: 5,064,388
    Recuperados: 7,805,225
    Óbitos: 268,216
  • India 9,266,697
    India
    Confirmados: 9,266,697
    Ativos: 453,450
    Recuperados: 8,677,986
    Óbitos: 135,261
  • Brazil 6,166,898
    Brazil
    Confirmados: 6,166,898
    Ativos: 483,252
    Recuperados: 5,512,847
    Óbitos: 170,799
  • France 2,170,097
    France
    Confirmados: 2,170,097
    Ativos: 1,962,927
    Recuperados: 156,552
    Óbitos: 50,618
  • Spain 1,622,632
    Spain
    Confirmados: 1,622,632
    Ativos: 1,578,595
    Recuperados: ?
    Óbitos: 44,037
  • UK 1,557,007
    UK
    Confirmados: 1,557,007
    Ativos: 1,500,474
    Recuperados: ?
    Óbitos: 56,533
  • Italy 1,480,874
    Italy
    Confirmados: 1,480,874
    Ativos: 791,697
    Recuperados: 637,149
    Óbitos: 52,028
  • Argentina 1,390,388
    Argentina
    Confirmados: 1,390,388
    Ativos: 135,390
    Recuperados: 1,217,284
    Óbitos: 37,714
  • Peru 954,459
    Peru
    Confirmados: 954,459
    Ativos: 33,985
    Recuperados: 884,747
    Óbitos: 35,727
  • Chile 544,092
    Chile
    Confirmados: 544,092
    Ativos: 8,774
    Recuperados: 520,180
    Óbitos: 15,138
  • China 86,469
    China
    Confirmados: 86,469
    Ativos: 305
    Recuperados: 81,530
    Óbitos: 4,634
  • Paraguay 78,878
    Paraguay
    Confirmados: 78,878
    Ativos: 21,162
    Recuperados: 56,025
    Óbitos: 1,691
  • Uruguay 4,988
    Uruguay
    Confirmados: 4,988
    Ativos: 992
    Recuperados: 3,923
    Óbitos: 73
Notícias

Novo boletim da Rede CoVida aponta cenários de insuficiência de leitos no país

Karina Costa

Supondo que as medidas de distanciamento social fossem flexibilizadas, a partir de 27 de abril, o crescimento da circulação de pessoas assintomáticas provocaria um aumento de 50% na taxa de transmissão deste grupo. Essa é uma das predições apontadas na quarta edição do Boletim CoVida, lançado nesta quarta-feira, dia 29 de abril. O boletim aponta possíveis cenários para as próximas semanas, sobretudo, para a Bahia, no webinar Boletim CoVida 4# – “Fortalecer o Sistema de Saúde para Proteger a População”.

Clique aqui para baixar o Boletim CoVida#4

“Na nossa janela de projeção podemos observar um aumento, ao final da primeira semana de maio, de 75% no comportamento da curva de casos acumulados, 23% de aumento no número de óbitos, 58% de incremento na necessidade de leitos clínicos e 68% nos leitos de UTI. Estes resultados apontam que a suspensão precoce das medidas de distanciamento social pode levar a grandes impactos, tanto nas necessidades de hospitalizações nos sistemas de saúde quanto no número de casos e, consequentemente, nas mortes”, destaca o documento ao observar os resultados no qual os modelos apontam para um cenário de maior flexibilização.

Porém, mesmo com o cenário de distanciamento social atual, diversos estados já estão em colapso ou com sistemas bastante pressionados pela quantidade simultânea de casos e casos graves. E isso não está tão distante da Bahia, a partir do dia 4 de maio é possível que o estado comece a ter seus sistemas de saúde pressionados, analisam os pesquisadores, considerando a quantidade de leitos gerais e de Unidade de Terapia Intensiva.

Para o lançamento, o pesquisador Elzo Júnior fará apresentação da Rede e da estrutura do Boletim. A pesquisadora Juliane Oliveira vai descrever como foram feitos os modelos matemáticos para previsão de casos, hospitalizações e óbitos por Covid-19. Para os comentários e recomendações da Rede CoVida, contaremos com o pesquisador Luis Eugênio de Souza.

Esse boletim, avança a modelagem e passa a inserir novos fatores. O primeiro boletim iniciou com o modelo SIR (Suscetíveis, Infectados e Recuperados), que é utilizado para fase inicial. A epidemia avançou e, para compreender as necessidades dos sistemas de saúde, um novo modelo foi criado pelo grupo de pesquisadores, e inclui estimativas sobre a necessidade de leitos clínicos e de terapia intensiva na Bahia.

O Boletim e Rede

O Boletim CoVida é periódico, disponível no site covid19br.org.br e é um dos produtos que a Rede CoVida oferece à sociedade. A CoVida nasceu a partir da união entre o Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia) e a Universidade Federal da Bahia (Ufba). Diante da maior crise de sanitária do mundo nos últimos 100 anos, a Rede é uma resposta de pesquisadores e profissionais de comunicação que visam enfrentar a pandemia de Covid-19, apoiando a tomada de decisões dos gestores e oferecendo informações científicas confiáveis a partir do monitoramento de casos, da modelagem matemática e dos saberes reunidos por cientistas de diversas áreas.

Contato
Raíza Tourinho
(71) 98108-1588