Casos de COVID-19
  • USA 13,137,829
    USA
    Confirmados: 13,137,829
    Ativos: 5,064,388
    Recuperados: 7,805,225
    Óbitos: 268,216
  • India 9,266,697
    India
    Confirmados: 9,266,697
    Ativos: 453,450
    Recuperados: 8,677,986
    Óbitos: 135,261
  • Brazil 6,166,898
    Brazil
    Confirmados: 6,166,898
    Ativos: 483,252
    Recuperados: 5,512,847
    Óbitos: 170,799
  • France 2,170,097
    France
    Confirmados: 2,170,097
    Ativos: 1,962,927
    Recuperados: 156,552
    Óbitos: 50,618
  • Spain 1,622,632
    Spain
    Confirmados: 1,622,632
    Ativos: 1,578,595
    Recuperados: ?
    Óbitos: 44,037
  • UK 1,557,007
    UK
    Confirmados: 1,557,007
    Ativos: 1,500,474
    Recuperados: ?
    Óbitos: 56,533
  • Italy 1,480,874
    Italy
    Confirmados: 1,480,874
    Ativos: 791,697
    Recuperados: 637,149
    Óbitos: 52,028
  • Argentina 1,390,388
    Argentina
    Confirmados: 1,390,388
    Ativos: 135,390
    Recuperados: 1,217,284
    Óbitos: 37,714
  • Peru 954,459
    Peru
    Confirmados: 954,459
    Ativos: 33,985
    Recuperados: 884,747
    Óbitos: 35,727
  • Chile 544,092
    Chile
    Confirmados: 544,092
    Ativos: 8,774
    Recuperados: 520,180
    Óbitos: 15,138
  • China 86,469
    China
    Confirmados: 86,469
    Ativos: 305
    Recuperados: 81,530
    Óbitos: 4,634
  • Paraguay 78,878
    Paraguay
    Confirmados: 78,878
    Ativos: 21,162
    Recuperados: 56,025
    Óbitos: 1,691
  • Uruguay 4,988
    Uruguay
    Confirmados: 4,988
    Ativos: 992
    Recuperados: 3,923
    Óbitos: 73
Notícias

O novo teste vai apresentar resultado em apenas 40 minutos

Um projeto para desenvolver um teste rápido de alta sensibilidade para diagnóstico simultâneo dos vírus SARS-Cov-2 e H1N1 foi aprovado pelo Programa Fiocruz de Fomento à Inovação (Inova Fiocruz). Coordenado pela pesquisadora da Fiocruz Bahia, Milena Botelho Pereira Soares, o trabalho será realizado em parceria com a Fiocruz Pernambuco, o SENAI CIMATEC e a Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Milena Soares, pesquisadora da Fiocruz Bahia, que coordena o projeto.

A testagem para Covid-19 através do método molecular RT-qPCR requer equipamentos especializados e pessoal da área da saúde treinado, sendo um procedimento dispendioso e que leva dias para apresentar os resultados, fatores que dificultam a testagem em massa da população. O novo teste, que utilizará a técnica de amplificação isotérmica de DNA (recombinase polymerase amplification-RPA), é mais simples de ser realizado e apresenta resultado em apenas 40 minutos.

Segundo Milena Soares, a adição de sondas para detectar o H1N1 resultará também em um diagnóstico diferencial da Covid-19, importante na tomada de decisão pelo sistema de saúde. “Esta inovação impacta de forma positiva no melhoramento do diagnóstico da Covid-19, possibilitando a detecção direta da infecção, de forma rápida, barata e eficaz, facilitando o isolamento rápido dos indivíduos infectados”, observa a pesquisadora.

Os cientistas também vão desenvolver um protótipo de leitor de fluorescência para a aplicação do teste em hospitais e postos de saúde, promovendo a nacionalização do equipamento de leitura do teste, que tornará viável a testagem em massa da população.